Pessoas que inspiram: Malala Yousafzai

Oiiii pessoal, que dia lindo ... lá vem eu com mais um assunto super legal (pelo menos eu acho legal rs).  Uns dias atrás vi na televisão uma tal jovem paquistanesa chamada Malala Yousafzai, que ganhou o prêmio Nobel da paz por defender o direito das crianças e o acesso das mulheres à educação. Eu fiquei bem curiosa e assisti a matéria toda, nossa que guerreira essa menina, o que mais me chamou atenção é que ela é blogueira, pensei ... nossa que assunto ótimo para abordar no Somando Conhecimento , ainda mais que o post sobre violência contra as mulheres interessou tanta gente, se você não leu confere (aqui)...

Agora, se  você não sabe quem é essa moça, vou explicar resumidamente a história de Malala. Ela cresceu no vale do Swat, noroeste do Paquistão que é dominado pelo talibã desde 2007. Seu pai é dono de uma escola, e ele sempre incentivou a filha a estudar (o que é bem raro nesses países do Oriente, ponto para o pai de Malala). Em 2008 o talibã ordenou que todas as escolas parassem de dar aulas as meninas por um mês, o pai de Malala foi o único a descumprir essa ordem, a partir daí começou a luta dessa menina.

*Malala com seu pai



AFP
*imagem de escolas destruídas pelo talibã

A blogueira ....
A partir desse evento, Malala criou um blog chamado " Diário de uma estudante paquistanesa", nesse espaço ela contava o dia a dia, as adversidades enfrentadas e seu grande desejo de continuar a estudar, ela começou escrevendo sem se identificar e logo ganhou notoriedade. Viu a força que as palavras tem ? O que um blog pode transmitir ? 

Em 9 de Outubro de 2012, quando tinha apenas 15 anos, ela e outras meninas foram baleadas quando saiam da escola, Malala ficou internada na UTI e o talibã se declarou o responsável por essa atrocidade, após se recuperar, mesmo tendo ficado com sequelas, ela e a família se mudaram para o Reino Unido, onde atualmente ela estuda, ela se tornou uma ativista.

*Todas as imagens foram retiradas de sites públicos.

Ideias defendidas
Essa garota de 17 anos, defende o direito de todas as mulheres e meninas poderem estudar, em 2013 ela ganhou um prêmio chamado Sakharov, concedido pelo Parlamento Europeu pela liberdade de consciência, e também o prêmio Internacional da criança. Em seu primeiro pronunciamento público na ONU, nove meses após ter sofrido o atentado, ela disse: 

"Os terroristas pensaram que mudariam meus objetivos e interromperiam minhas ambições, mas nada mudou na vida, com exceção disto: fraqueza, medo e falta de esperança morreram. Força, coragem e fervor nasceram."
                                                                             
 
E foi assim, de luta em luta que o prêmio Nobel do ano de 2014 foi dado a ela, e também ao indiano Kailash Satyarthi de 60 anos de idade. Ambos defendem os direitos das crianças à educação, Kailash se dedica a tirar crianças do trabalho escravo (na Índia é muito comum as empresas contratarem crianças bem novas para trabalhar, eles pagam pouco e elas trabalham muito, com a extrema pobreza que a maioria da população vive sem muitas escolhas, os pais permitem esse abuso).

*Kailash, o outro vencedor do prêmio

No dia 10 de Dezembro de 2014 será entregue aos dois um prêmio de US$ 1,1 milhão, Malala é a pessoa mais jovem a receber esse prêmio, sendo que já tinha sido indicada ano passado.

Sabe gente, essa história me emociona profundamente, muitas das vezes a gente se queixou de ir para a escola, muitas vezes não damos importância para coisas tão simples como ler e escrever, mas tem tanta gente no mundo que queria essa chance e simplesmente é proibida, nós somos mulheres de sorte, vivemos em um mundo muito machista ainda, porém temos muito mais respeito que as mulheres no Oriente médio tem, a história dessa menina serve para que nós possamos refletir sobre os nossos direitos, sobre ajudar nosso próximo, a vencer nossos medos. Eu torço para que no mundo existam outras mulheres como Malala, que lutem por seus direitos. Essa moça está mudando a vida de muita gente aos 17 anos de idade, e nós ? O que fazemos ? 
Aprendi que se a gente não lutar pelos nossos sonhos, ninguém fará isso por nós.
Está na hora das mulheres no mundo todo, pararem de ser vitimas da cultura, vitimas de homens, vitimas de si mesmas. Eu desejo a cada uma que parou para ler esse post, que haja na sua vida a força de lutar e nunca se menosprezar por ser mulher. 


Quem quiser saber mais dela, tem um livro com a biografia  chamado: Eu Sou Malala.


"Nossos livros e nossos lápis são nossas melhores armas. A educação é a única solução, a educação em primeiro lugar." ___________MalalaYousafzai

Até o próximo post amores, espero seus comentários para podermos discutir esse assunto.

50 comentários:

  1. Gente que história incrivel e linda, realmente nós não sabemos o poder e a coragem que existem dentro de nós para enfrentar as dificuldades, ela é uma guerreira, um exemplo a ser seguido. Ameei o post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade Lorrane, eu fiquei encantada por essa jovem, no país dela as mulheres não tem quase direito nenhum, ela sofreu violência só por querer estudar, achei legal demais ela ganhar esse prêmio Nobel . beijocas flor

      Excluir
  2. A eu v também,realmente é uma historia incrível.
    Marcado com tragedia e principalmente com a força de uma menina e a coragem de levar aos outros o que é preciso.

    http://kallisantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que é um ótimo exemplo para todas as mulheres no mundo todo

      beijos

      Excluir
  3. Eu vi uma materia sobre ela na tv e também achei super interessante. Achei um pouco arriscado por parte do pai dela, ter continuado deixando ela estudar, mas nossos pais só querem o nosso bem, né?!
    Ela é uma guerreira e eu apoio todas as ideias defendidas por ela. Foi realmente uma merecedora do premio novel da paz.

    www.avitimadavaidade.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade, mas o pai dela como educador achava um absurdo meninas serem proibidas de estudar, pq a ordem do talibã era somente para as meninas não irem à escola, foi graças a esse risco que ela mudou a própria história e de muitas outras meninas, o Paquistão é um país que oprime muito as mulheres.
      Acho que foi merecido tbm esse prêmio

      Excluir
  4. Que história linda neh? Infelizmente é o mal do ser humano ser ingrato e não agradecer o que tem e viver reclamando... Eu sempre amei escola e tudo que envolvia leitura e estudos...
    Realmente dói o coração ao ver como alguns países desprezam as mulheres e as tratam mal... Mas não podem desistir e como Malala lutar pelos seus sonhos, é uma luta dificil mas as mulheres vem ganhando o seu lugar de direito na sociedade e merecidamente...

    Adorei... heheh.. :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é, me admira muito ela ter lutado, enfrentando até mesmo o risco de vida
      as mulheres tem força é só saber usar, educação é fundamental para qualquer um seja homem ou mulher

      beijocas Ramones \o/

      Excluir
  5. A Malala é uma mulher forte e que foi contra a tradição do seu país.
    Um orgulho sem dúvida.
    Mas aqui no Brasil temos lugares em a educação não chega. Não só para meninas, como meninos também.
    A educação é fundamental e o prêmio Nobel foi pras mãos mais certas, hoje!

    Post excelente!


    Beijinhos,
    Aline Magalhães
    www.sacoladecores.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Aline pelo elogio, realmente aqui no nosso país (que teoricamente é livre) muitos não tem acesso, mais isso é má distribuição e atenção do governo, Já no país da Malala a questão além da falta d recursos, é a tradição tbm, essa menina foi super incentivada pelo pai (que seria um dos a proibirem e não o fez) aí vem um grupo terrorista querer parar o sonho das meninas, acho que o prêmio foi dado as pessoas certas

      beijos

      Excluir
  6. Que moça vitoriosa e guerreira! me interessei pelo livro vou procurar pra comprar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erika, depois que vi que tem o livro onde ela relata mais detalhadamente a sua história, tbm me interessei bastante
      acho que ela inspira nós mulheres, a lutarmos pelo lugar que merecemos na sociedade. Nem mais nem menos que homens, apenas a igualdade já estaria bom.
      beijocas

      Excluir
  7. Uauuuuuuuu Suzi .. muito bom saber mais da Malala .. um exemplo mesmo para todas nós .. eu que estava pensando estar tarde . .vou recomeçar a estudar e voltar pra faculdade .. novos sonhos que foram interrompidos .. mas que agora resolvi resgata-los ..e este post me fortalece ainda mais ... bjs

    ✿*´¨)*
    ¸.•*¸.• ✿´¨).• ✿¨)
    (¸.•´*(¸.•´ Roberta Aquino
    Tal Mãe, Tal Filha Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom Roberta que gostou, nunca é tarde para volta a estudar querida e vc fala como se fosse velhinha hehe está gatona, jovem a bessa, se tem sonhos vai em frente a conquistá-los, beijocas

      Excluir
  8. Eita mas que história mais linda. Não é meu tipo de livro favorito, mas é uma linda guerreira essa moça.

    Um beijo goria :*
    www.tattooandplay.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história dela tem uma trajetória bem bacana, os ideias que ela defende, acho ela bem avançada para quem cresceu em um país tão oprimido. beijos pra ti tbm

      Excluir
  9. Acho a história dela incrível, além de ser corajosa, já enfrentou muitos desafios e perigos, ela mereceu o nobel! Beijos
    www.paularibeiromoda.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é contagiante ver ela falar com tanto gosto sobre educação, muita gente não dá valor o que tem. Beijocas

      Excluir
  10. Eu tinha visto alguns relance sobre a ela e o livro , mas não conhecia a história é muito bonita quando alguém luta pelos direitos dos outros e ainda quase morreu.
    É verdade que muita gente não dá valor para escola , mas espero que Malala possa aumentar a conscientização de algumas pessoas com seu exemplo.


    http://papo-deamiga.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a tbm espero que outras pessoas sigam o exemplo dela, tão jovem e tão decidida ... achei incrível
      beijos

      Excluir
  11. Eu admiro muito a coragem dela, e como ela foi lutadora.. Já não é de hoje que estou louca pra ler esse livro, e esse seu post me deu mais vontade ainda. Realmente, um exemplo de vida.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que legal Renata que o post incentivou mais vc rs
      eu só conheci a história pq vi na tv alguma coisa e fui pesquisar mais a fundo.
      Achei ótimo para abordar aqui no blog, quero sempre trazer esses bons exemplos para conversarmos. beijosss

      Excluir
  12. Sem palavras, emocionada aqui. Dificil acreditar que em alguns lugares do mundo, existe tanto preconceito, mas smp. Tera, 1 ou 2 dispostos a lutar contra. Liçao de vida pra nós, essa guerreira. Bjss!
    anaholiveeira.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é de emocionar mesmo Anah, ela é muito guerreira

      beijocas

      Excluir
  13. Já tinha visto a história dela faz um tempo e realmente ela é uma guerreira! Imagina "encarar" o talibã?
    Ainda bem que o pai dela pensa diferente da maioria e contribuiu bastante para a luta da Malala!
    Beijos

    Little Bit of Glamour

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. achei legal o pai incentivar a educação da filha, ainda mais em um país que isso não é normal, mas legal que ela contava como era através do blog e assim incentivava muitas meninas a não desistirem de estudar. Beijocas Nanna

      Excluir
  14. Vou procurar esse livro *o* História linda

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. deve ser legal, conta a trajetória e luta dela. beijos

      Excluir
  15. OI . Muito legal seu post. Realmente essa menina é uma guerreira e foi mais que merecido o prêmio que ela ganhou !!! Também gostei da sua mensagem no final do post. Parabéns pelo blog ! (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Neide, obrigada pelo elogio. Fico feliz que tenha gostado. beijos

      Excluir
  16. A história da Malala é linda e incrível ela realmente tem coragem e força de vontade para fazer aquilo que acredita!

    beijocas
    jeeh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem muita coragem mesmo rsrs imagina ser atacada pelo talibã e ainda continuar ? Acho que ela é um grande exemplo não só para seu país, mas para o mundo. beijos

      Excluir
  17. Fiquei com muita vontade de ler a bio dela pra conhecer a historia a fundo. Muito me emociona esse tipo de luta, pq a mulher ainda é oprimida demais e não fazemos idéia disso.
    Super legal esse post
    Beijos
    www.doce-feito-pimenta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah verdade Patrícia, tbm me emociona ... acho que qnd a vontade de fazer algo é maior que o medo, não tem cultura que impeça, a gente deixa de fazer tanta coisa por muito menos, tem tantas mulheres no mundo sofrendo essa opressão, acho muito bacana uma moça tão jovem se destacar por uma luta tão nobre. beijocas

      Excluir
  18. Que história linda, cheia de vontade de viver e lutar pelos seus sonhos. Um exemplo!
    Beijinho <3
    www.emnovoestilo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade Wal, como todos deveriam ser ...
      beijos

      Excluir
  19. Ela é merecedora do Nobel da Paz, sim! A história dela é incrível e estou querendo ler o livro que ela escreveu. Admiro muito a coragem dela.

    Blog Make-Lovers| Fan Page | Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e ela fala com muita convicção, persevera nessa luta, tem muitas meninas ainda para serem libertadas da opressão, como podem impedir alguém de estudar ? Uma coisa que é de direito de todos. Acho que ela mereceu e muito esse prêmio, pq não foi uma conquista só do direito dela, mas através do exemplo dela e luta muitas outras meninas estão vendo as coisas mudarem.

      beijocas Bruna

      Excluir
  20. Linda a história
    Não conhecia ela
    Muito corajosa por sinal
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a historia é mais linda ainda por ser atual, a luta continua. beijos

      Excluir
  21. Me lembro quando surgiu na tv a historia
    achei tão emocionante e corajosa pelo fato da religião que ela é
    e lutar pelos direitos das crianças e mulheres poderem estudar
    tenho um amigo q é da mesma religiao q ela e me explicou um pouco como funciona
    morro de vontade de ler o livro e conhecer melhor sobre a historia dela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Millena, para quem não conhece a cultura pode achar que é uma coisa fácil demais, mas é triste o que as mulheres sofrem nesses países, nada contra a religião, acho que o fanatismo q é perigoso. Tenho certeza que a Malala segue seus preceitos religiosos, ela apenas luta contra a opressão. Isso é lindo demais, adoro histórias assim ... me deu vontade de ler esse livro tbm

      beijos

      Excluir
  22. Historia incrível, comprei o livro ontem to louca pra começar a ler..
    Deve se muito lindo e emocionante...
    Beijos flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ainnn que legal, deve ser um ótimo livro sim.

      Excluir
  23. Eu li o livro da Malala e adorei!! Fiquei apaixonada por toda a historia dela. Super mereceu o premio nobel da paz!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah tbm preciso ler esse livro, fiquei tão empolgada e curiosa com a historia dela , tbm acho q o prêmio foi merecido.

      Excluir
  24. A o mundo precisa de pessoas assim, vitoriosas e guerreira como essa menina !
    http://blogdajhujuba.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade Jhu, essa menina tem muita força e vontade de mudar as coisas. beijocas

      Excluir
  25. Que post ótimo! Eu sabia dela mas não sabia a história toda por trás, então adorei saber mais. O blog é ótimo, já estou seguindo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, obrigada pelo elogio e por seguir
      beijocas

      Excluir

Obrigada pelo seu comentário, é muito importante ler sua opinião...
Caso queira resposta para seu comentário, marque a caixinha"notifique-me". Podem entrar em contato direto pelo formulário do blog que está no rodapé.
Obrigada pela visita, volte sempre!

Tecnologia do Blogger.