Que doenças posso pegar na água da piscina e na praia ?

Hello people ! Tudo bem por aí pessoal ? Espero que sim ! 

Como o título da postagem já revela, hoje vamos falar um pouco sobre os riscos de se pegar doenças através da água. Estamos em uma estação em que as pessoas frequentam muito a praia e as piscinas, acho super importante deixar essas informações para vocês leitores (as) queridos (as) desse blog. 

Piscina

Doenças que se pode pegar em piscinas:

Quando o tratamento da água não é feito,  há o aparecimento de fungos, bactérias, parasitas e muitos germes. Por isso o uso de cloro é extremamente importante, sendo o principal agente químico para tratar a água, pois não deixa esses microrganismos viverem na água.

As doenças mais comuns são:

Micose: Existem mais de 200 mil tipos de fungos, porém só uns 100 causam a infecção.
Para prevenir pegar uma micose (como por exemplo frieiras, pano branco) que pode ser tanto na pele quanto nas unhas é importante sempre secar bem o corpo, mas sempre com a sua própria toalha. Não use objetos pessoais de outras pessoas.

Dermatite: Também é causada por falta de tratamento adequado na água,é semelhante as micoses porém mais grave e precisa de mais cuidados. 


Conjuntivite: É a inflamação da membrana ocular e interior das pálpebras, nesse caso ela pode ser causada tanto pela falta de cloro quanto pelo excesso do mesmo nas águas.
A conjuntivite requer cuidados médicos, pois pode se espalhar se não for tratada corretamente.

Foliculite: É a inflamação de pelos, muitas vezes temos alguma abertura na pele causada por perda de pelo, principalmente mulheres que se depilam, se a água estiver contaminada pode ser que uma bactéria entre e cause a inflamação do local. 

Impetigo: Um tipo de infecção bacteriana que atinge a pele e causada por germes do tipo estafilococos e estreptococos. Essa doença causa bolhas com pus, causando feridas na pele. 

As verminoses também podem ser pegas pela água, principalmente se você ingere sem querer essa água poluída.

Otite: água no ouvido, pode acontecer de mergulhar e entrar água e aí ? Se a água for limpa já é perigoso e se estiver contaminada dobra-se o perigo.

É importante retirar logo a água, é bem simples: Primeiro virei seu ouvido para que a água desça, depois basta pegar uma haste com algodão, umedece-la com álcool a ponto de pinga, incline a cabeça para o lado contrário do ouvido que caiu a água e deixe esses pingos de álcool caírem na orelha, sente e espere. O álcool ao encontrar com a água vai fazer com ela evapore, existem também produtos comercializados na farmácia  com a mesma função, mas o álcool é mais barato e resolve do mesmo jeito, mas se não sair e você sentir incômodos, tiver infecções então vá ao médico antes que piore.


Nas piscinas temos como evitar tudo isso se a água for tratada corretamente e sempre bem limpa e não se deixe enganar ao pensar que a água transparente e aparentemente limpa é segura, porque os fungos, bactérias e cia podem estar lá e você não os vê, não vivem apenas em águas sujas, águas transparentes sem tratamento químico também contém microrganismos.

Doenças contraídas em praia pela água e areia.

Mas e quando o caso são as praias ? Não tem como ficar jogando cloro ou limpando o mar não é mesmo ? Então o jeito é prestar atenção, pois não é só a água que pode transmitir alguma doença, a areia também é uma grande vilã e as comidas vendidas na praia também podem se tornar um pesadelo. Cuidado !

Na praia também podemos contrair micoses, que com o calor elevado pioram muito mais a situação. Micoses, pano branco, etc. Todas as doenças adquiridas em piscinas, podem se r adquiridas em praias, cachoeiras e lagos também, porém na praia temos os agravantes por causa do calor maior e por causa do contato com a areia.

As cadeiras de praia alugadas por exemplo podem esconder germes e bactérias de todos os tipos e eles passarem para a pele de quem senta ali.
O jeito é nunca sentar diretamente na cadeira e areia, antes cobrir com uma toalha para evitar o contato.

A candidíase também pode ser adquirida em piscinas e praias, não é típica mas pode ocorrer porque atinge as áreas íntimas das mulheres devido a umidade e calor. Se você fica muito tempo com o biquíni ou sunga molhados pode estar formando o ambiente ideal para o fungo candida albicans se proliferar, só que nos homens é muito mais difícil ocorrer que nas mulheres.
Bebê brincando na areia

A areia pode transmitir muitas doenças, desde micoses ao  chamado bicho geográfico (migrans cutâneaque vem de fezes de animais e até mesmo humanas. Esse bichinho é um parasita, a larva entram na pele geralmente pelos pés e mãos, ou em outras partes do corpo que tem contato com a areia e fazem um estrago tremendo. O parasita se move rápido e por onde caminha deixa uma trilha que se assemelha a um mapa e coça muito, causa inchaços e infecção no local.

É muito importante se você frequenta praias e ver manchas na pele, sentir coceira e inchaço no local, procurar um médico pois só por exame clínico e visual que o diagnóstico pode ser dado para começar o tratamento que geralmente é oral e tópico, para aliviar a coceira usa-se gelo no local pois o ato de coçar pode fazer com que se espalhe mais rápido. 

Com o tratamento adequado o parasita morre em poucos dias. Para evitar esse contagio, frequente praias em que animais são proibidos de entrar ou que a limpeza seja rigorosa, que o mar esteja limpo sem desejos fecais (pois tem lugares que o esgoto é jogado muito próximo o que pode contaminar a praia principalmente quando ocorre as ressacas, e toda sujeira vai parar na areia.

Na praia ainda devemos ter atenção com as comidas, se não forem bem conservadas o calor pode estragá-las e você ter uma bela intoxicação alimentar. Evite comprar sanduíches, peixes, empadas etc principalmente de vendedores ambulantes que você não sabe a procedência. Melhor é levar seu lanche, bem armazenado em recipientes térmicos ou comer em lugares de confiança para não correr riscos. Hidrate-se muito bem e não fique no sol direto, sempre use protetor solar. Cuidado com a insolação.

Como tratar a água de piscinas ?

Bom se você tem uma piscina em casa ou deseja ter, seja de plástico ou outro material por exemplo ... você precisa manter o pH dela estável, o pH é o índice de alcalinidade e acidez que deve ficar entre 7,2 e 7,6 (levemente alcalina) para ser uma água boa.

Abaixo ou acima disso pode causar erupções cutâneas, ardor nos olhos, ressecamento de pele e cabelos. Para saber a alcalinidade perfeita você precisa de um estojo de análise específico.

Por mais simples que seja a sua piscina é importante tratar a água dela, cuidando direitinho nem há a necessidade de trocar a água sempre. Ainda mais na seca que andamos enfrentando em muitos estados não é mesmo ? 
Encher piscina sempre complica, melhor investir nos produtos certos e mantes a água sempre usável. Os clubes fazem esse tratamento, não trocam a água e ela fica sempre parecendo que acabou de ser colocada.

Se você quer manter a água da piscina seja de plástico, fibra ou azulejo precisa seguir as dicas abaixo, você poderá utilizar a mesma água durante muito tempo sem ter que ficar trocando em tão pouco tempo. Dura até anos acredita ?

Antes de encher a piscina já tenha á mão o kit com:

Cloro granulado: Que evita o contagio de doenças, mata todas as bactérias e parasitas.


Algicida de manutenção: ele serve para evitar que as paredes da piscina fiquem escorregadias ou tenha  proliferação de algas (limos, lodo).
Para evitar a situação da foto abaixo...


Clarificante: serve para assentar a poeira no fundo, para que a pessoa aspire depois.

Barrilha:  que nada mais é que o carbonato de sódio e serve para elevar o pH da água.


1 estojo de teste: serve para chegar o pH, saber se a água está boa com a quantidade ideal de cloro etc. O kit é composto por dois líquidos que indicam o cloro e pH, mas a tabelinha super fácil de usar.
Esses produtos duram muito, na faixa de uns três meses e não são tão caros, se comprar o kit  completo não deve ultrapassar os R$150,00, existem muitas marcas e preços então pesquise antes de comprar. Use sempre a quantidade adequada dos produtos recomendados pelo fabricante. Vale a pena investir pois você e sua família curtirão a piscina com toda segurança. Fora esses produtos químicos temos também os filtros de areia, as bombas de limpeza que também são super úteis, mas para começar esse kit acima é essencial.

Mas se você frequenta clubes, outras áreas de lazer o importante é saber se o lugar trata a água corretamente, se permite a entrada de qualquer pessoa sem atestado de saúde, etc. Praias, cachoeiras e lagos por exemplo são livres então não dá para controlar isso, o jeito é prestar atenção na higiene mesmo e na limpeza do local se não quiser ter uma doença na pele ou até mesmo uma doença mais grave. Tem pessoas com sistema imunológico mais forte que não contraí nenhuma doença, mas se você não é dessas tome cuidado.

Ao final deste post eu concluí que piscina acaba sendo mais seguro, acho que por isso não gosto de praia rsrs. Mas para quem gosta espero que as dicas tenham ajudado. 
Verão com saúde é tudo né pessoal ? Deixa um comentário para mim, uma curtida no post que me ajuda muito.

Até o próximo post, beijos !



24 comentários:

  1. Suzi adorei esse post, bem completo e se as pessoas lerem com atenção e seguirem as dicas conseguirão curtir praia e piscina da melhor forma possível. Só acho uma pena que a maioria das pessoas ignoram a importancia de curtir praia/piscina da melhor forma possivel. Na praia mesmo, a maioria só quer saber de torrar no sol e ligam o foda-se (desculpa a palavra rss) para o resto das coisas. Na piscina, muitos apenas se importam com a diversão, tipo se tem água então está tudo certo. É por isso que não curto praia e piscina só curto se ela estiver 100% tratada. Uma vez fui na casa de uma amiga, ela tem piscina e acredite, não estão nem aí pro tratamento da mesma, No máximo tiram as folhinhas q caem da árvore nela, ae eu fui citar o tratamento da água, principalmente o teste do pH e pasme, não gostaram e ainda me trataram mal depois. Eu hein, gente estranha rsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk credo Barbara, vc querendo ajudar e ainda leva patata ¬¬
      Mas vc esta certa, as pessoas querem se refrescar e ponto. Cada um sabe de si né, mas eu nao entro em qlq piscina nao, nem gosto de praia pra ter uma ideia, só se for bem limpa, vigiada, sem entrada de animais, areia limpa... eu acho lindo a paisagem e o lugar, mas para banho nao tem quem me convença rs Piscina eu ja gosto, mas só de lugares que tratam, Piscina pública nem pensar sou chata msm kk

      beijos

      Excluir
  2. Nossa, não sabia que a piscina e o mar podia trazer tanta doença para a gente. Chocada.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Jaque, muita gente acha que é so a água está limpa mas tem coisas que nao vemos nela que podem nos afetar, por isso sempre importante prestar atenção onde vamos.
      beijos

      Excluir
  3. Eu já conheci duas crianças que pegaram bicho geográfico, eu nao vi, mas eles me contaram que coça muito, eles brincavam muito na areia. Já vi fotos e fiquei desesperada. Fui em um parque aquatico aqui da regiao, e tinha tanto cloro que tive que jogar minha roupa fora, pq nadei de shorts e maio rs, o short era preto ficou branco kkkkkkk pelo menos nao peguei nada kkkkk bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahaha tem esse problema Carol, exageram no cloro e isso tbm nao e bom, pois pode dar alergias serias. Eles tem q tratar de acordo com a quantidade de pessoas que esta entrando na agua e o volume das piscinas, se colocam tanto d cloro para o tanto de agua e tem muita gente entrando eles tem q ir medindo pra manter o correto, mas isso da trabalho ne ai devem jogar logo o cloro todo rs me desespera e o cabelo Carol, fica igual palha kkk já o bicho geográfico tive um amigo q pegou e nao foi em areia d praia, foi na casa dele ... ficou feia a perna dele, eu vi e me deu agonia =/ pensa numa pessoa que nunca pisa no chao fora d casa , essa sou eu kkkk bjos

      Excluir
  4. Tem razão Suzi, nesta época de verão o que agente faz mais é procurar uma aguinha fresquinha para nos refrescar né, mais agente não sabe o que se esconde nela, é tanta coisa que se realmente fomos parar para pensar não frequentamos mais as praias ou piscinas. É muito bom ler este tipo de post, além de informativo nos faz pensar mais e nos ajuda a nos mantermos prevenidas do pior.

    Bjos Alê e suas Singularidades
    http://aleesuassingularidades.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poxa Alê ... verdade ! O post nao e pra assustar ngm, e sim para alertar.
      Principalmente quem tem criança, a pessoa as vezes tem uma piscina de volume consideravel em casa enche num dia, dia seguinte ja esta toda suja tem q trocar a agua toda, tratando a água fica ate mais dias o que gera economia de agua, é so manter a limpeza. Sem contar a segurança de nao pegar nenhuma doença, eu quis alertar essa questão pq não e so micose que a gente pode pegar, ai vc de repente frequenta uma piscina q nao tratam, a pessoa tem alguma coisa na pele ou entra com pe sujo acaba passando bacteria pra todo mundo, se a água for tratada com cloro, algicida ta ok ... Fico feliz que vcs tenham gostado do post, foi feito para alertar msm.

      beijinhos

      Excluir
  5. As dicas são muito boas Suzi e realmente temos que cuidar sempre nessas pequenas coisas que a gente acaba não dando tanta importância. Eu morro de medo e presto muita atenção principalmente no que eu como, tudo muito saudável e nada dessa coisas vendidas na praia!!

    Um Beijo Minha Flor!!
    Carol e Camila:*
    http://www.vamospapear.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom flor, continue assim ! Eu penso da seguinte forma: se a gente nao cuida da nossa saúde , quem vai cuidar ? São nas pequenas coisas que muitas vezes pegamos as piores por falta de atenção ... beijos

      Excluir
  6. Su,
    Antes de mais nada super parabéns pela postagem ficpu perfeita a resenha tudo bem explicativo e um verdadeiro alerta para todas nós.
    Bicho geográfico acredito que seja o mais comum de acabarmos pegando por conta da quantidade de animais nas praias.
    Infelizmente o verão nos trás alguns problemas mas não há nada melhor do que um banho de mar e caminhar na areia.
    Rs
    Bjão
    Pri
    Www.pareinos25.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Pri, verdade eu acho ruim isso de animais em praias, problema é que o povo deixa eles fazerem as necessidades na areia e isso nao e legal. Podiam ao menos levar pra longe dela ne ? Existem as doenças mais comuns que são as de pele e as outras são mais raras porem nada impossivel, piscina é pior que praia ainda pa a gua fica parada ali muito mais facil a proliferação de fungos e bacterias. O negocio e procurar sempre praias mais bem cuidadas para fazer essa caminhada e o banho um momento de ralaxamento ne Pri, beijoks

      Excluir
    2. As dicas são muitos boas, mas discordo de vc falar que as pessoas deixam as fezes dos animais na areia. Pessoas sem educação realmente deixam. Vou em diversas praias no Brasil e fora do país... sempre vejo As pessoas com seus pets e recolhem as fezes.

      Excluir
  7. Que dicas maravilhosa
    minha filha toda vez que íamos ao clube ela ficava doente
    deixamos até mais de ir
    temos que tomar cuidados
    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que pena Nanda, os clubes tem um problema serio, as vezes exageram nos produtos quimicos e prejudicam da msm forma, ou ate mais. O jeito é se vc tiver espaço uma piscina msm q pequena pra ela se refrescar ne, ai vc mantem os cuidados em casa. beijin

      Excluir
  8. Muito boa sua postagem, as dicas das doenças que podemos pegar, são ótimas para observar os sintomas e procurar o médico.
    E a dica com os cuidados e higienização são fundamentais para evitar de pegar essas contaminações.
    Bjinhos.
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada , que bom q gostou ^^
      Realmente prevenção é o melhor, nada como curtir a praia e piscina com segurança, sem pegar nada na pele ne ... beijos

      Excluir
  9. Nossa quanta coisa menina, nós nem imaginamos né?!
    Aorei sua postagem
    bjcas
    www.estou-crescendo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. são pequenos cuidados que fazem diferença, diversão com segurança é o melhor.
      que bom q gostou da postagem, beijos

      Excluir
  10. Gente, não sabia que podíamos pegar tantas doenças pela água, parece tão inofensivo né. Ainda bem que meu sogro trata toda semana a água da piscina da casa do meu namorado, que é a que eu mais uso, assim fico mais tranquila rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é menina, são coisas invisiveis a olho nu rsrs mas se ele trata toda semana vc e todos estão seguros. beijos

      Excluir
  11. Estamos num verão super quente e é super oportuno seu post e esclarecedor. Ponto para você!
    Todo cuidado é pouco, nesta estação e com a água, para evitar estes probleminhas chatos, ou cuidar dos mesmos.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada Adriana, verão é bom, ficar na água melhor ainda mas temos que ter cuidado sempre.
      beijos

      Excluir
  12. Oi Suzi, ótimo post, bem explicativo, eu ja peguei micose em piscina super chato.
    Beijos
    http://comdebyduar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário, é muito importante ler sua opinião...
Caso queira resposta para seu comentário, marque a caixinha"notifique-me". Podem entrar em contato direto pelo formulário do blog que está no rodapé.
Obrigada pela visita, volte sempre!

Tecnologia do Blogger.